Receba atualizações de notícias ao minuto sobre os temas mais quentes com a NewsHub. Instale já.

8 razões para não fazer a divisão "brinquedo de menina e de menino"

11 de Outubro de 2017 16:12
11 0

Menina pode brincar de casinha, de fazer comidinha, de cuidar do bebê. Menino pode brincar de carrinho, de salvar o mundo, de explorar a floresta. Ideias ultrapassadas, que reproduzem padrões do passado, quando as únicas atividades destinadas (e permitidas) às mulheres eram cuidar da casa e dos filhos, enquanto o homem trabalhava. As funções mudaram no século 21, mas alguns conceitos ainda persistem. Veja, a seguir, motivos para deixar de lado de uma vez a história de que existe brinquedo de menina e de menino.

. Quando limitamos os papéis dos filhos ("isso pode", "isso não pode"), interferimos no processo de aprendizagem e estimulamos preconceitos futuros, como "mulher só pilota fogão" ou "homem que é homem não chora".

Leia também: Mulher perde R$ 1.5 mil ao cair no golpe do falso sequestro em Espigão D’Oeste

Fonte: estilo.uol.com.br

Partilhe nas redes sociais:

Comentários - 0