Receba atualizações de notícias ao minuto sobre os temas mais quentes com a NewsHub. Instale já.

A semana em Hollywood: Mais sexy do mundo, The Rock quer ser presidente

19 de Maio de 2017 23:04
9 0

Rei Arthur: A Lenda da Espada é exatamente o tipo de filme que chega aos cinemas quando existem muitos chefs na cozinha. é o que acontece quando os interesses de produtores atrelados a uma propriedade intelectual reconhecida, de um estúdio ávido para entrar no jogo dos universos compartilhados e de um diretor com uma visão muito particular entram em choque. é uma bagunça, mas uma bagunça com uma etiqueta de 175 milhões de dólares e, vá lá, com muita coisa bacana acontecendo em meio ao caos.

Afinal, ainda é um filme com a grife Guy Ritchie o que, no mínimo, garante um espetáculo divertido e acelerado, com diálogos que variam do genial ao constrangedor, emoldurando uma aventura frenética que nunca cansa - mas que, não raro, testa a paciência do público. é um filme que quer ser muita coisa, termina errando quase todos os alvos, e levanta uma pergunta inevitável: por que, afinal, alguém achou que o mundo precisava de mais um filme do Rei Arthur?

Leia também: Esqueceram de mim? Conheça oito crianças que fizeram sucesso em Hollywood

Fonte: cinema.uol.com.br

Partilhe nas redes sociais:

Comentários - 0