Receba atualizações de notícias ao minuto sobre os temas mais quentes com a NewsHub. Instale já.

Aos 100 anos, José faz rima e poesia para os netos quando recebe visita

12 de Janeiro de 2019 11:14
129 0
Aos 100 anos, José faz rima e poesia para os netos quando recebe visita

Bem humorado, José gosta da agitação da família reunida e pouco fala sobre o passado, e brinca que para ele de velho e antigo bastam os anos acumulados com a idade.

Baiano, aos 100 anos José Paulino de Oliveira fala pouco sobre o passado ou sobre a infância difícil, mas ainda brinca de rimas com os netos quando recebe visitas, com versos característicos da literatura de cordel. Quem conta a história dele é a neta, Priscila de Oliveira dos Santos, de 24 anos, que vê na figura do avô o elo de toda a família.

O segredo da longevidade? A família não sabe explicar, “deve ser porque baiano dura muito”, brinca Priscila. José ainda é muito animado e gosta de ver a casa cheia, está sempre cercado de gente onde tem música e conversa animada, embora por esses dias ele pouco fale, mas não perdeu o gosto por observar a felicidade alheia. Espaço em que ele também aproveita para fazer graça, com rimas inventadas na hora de personagens que ele nunca nem viu, mas que costumam fazer todo mundo cair na risada.

José Paulino perdeu a mãe ainda bebê e mal chegou a conhecer o pai, que abandonou a família quando a esposa ainda estava grávida. Depois de ficar órfão, foi criado por conhecidos da mãe, de quem praticamente não se lembra. Talvez daí venha a preocupação constante com o bem estar de todos ao redor, de quem ele não apenas se lembra todos os nomes como também não faz confusão.

Fonte: campograndenews.com.br

Partilhe nas redes sociais:

Comentários - 0