Receba atualizações de notícias ao minuto sobre os temas mais quentes com a NewsHub. Instale já.

Após marcar 3 gols, Gabigol minimiza pressão e diz que Grêmio foi um acaso

11 de Maio de 2018 07:22
28 0

Após marcar três gols na goleada do Santos contra o Luverdense por 5 a 1, de virada, nesta quinta-feira, na Vila Belmiro, pelo jogo de ida das oitavas de final da Copa do Brasil, o atacante Gabriel Barbosa minimizou a pressão da torcida por conta da goleada sofrida para o Grêmio no último domingo, pelo mesmo placar (5 a 1), em Porto Alegre, pelo Campeonato Brasileiro.

O camisa 10 fez questão de dizer que o Santos não levou mais dois gols em um mesmo jogo em nenhuma partida desta temporada e, por isso, classificou o vexame na Arena Grêmio como um acaso do futebol.

"Fico muito feliz, fizemos um bom jogo, criamos muitas chances. O que aconteceu no domingo foi um acaso (contra o Grêmio), o nosso time não perdeu por mais de dois gols nesta temporada nenhuma outra vez", afirmou Gabigol ao Fox Sports.

"O ano é muito longo, temos muito o que fazer, o que conquistar, foi uma derrota que ninguém gostou, mas sabemos que isso acontece. Nunca perdemos por mais de 2 gols, futebol é assim. Tomamos cinco e hoje ganhamos de cinco, a vida é assim", completou.

Gabigol deixou o primeiro tempo vaiado pela torcida santista mesmo após marcar o gol de empate do Santos no primeiro tempo. Vale lembrar que o Luverdense saiu na frente e terminou o primeiro tempo com empate por 1 a 1.

"Um time como o Santos é sempre difícil, sempre tem pressão. Tivemos uma grande vitória e se continuarmos assim iremos longe, mas a pressão tem que levar numa boa", disse.

Entre os três gols marcados por Gabigol na goleada, o destaque fica por conta do quarto gol santista e o seu terceiro dele na partida. Após cruzamento de Victor Ferraz, o camisa 10 desviou de "letra" para o gol.

"Fiz muito no futsal, hoje a bola veio mais atrás e deu certo", concluiu.

Santos e Luverdense disputam o jogo de volta das oitavas de final da Copa do Brasil, na próxima quinta-feira (17), em Lucas do Rio Verde, no Mato Grosso. Antes disso, a equipe santista encara o Paraná, domingo, na Vila Belmiro, pelo Campeonato Brasileiro.

Leia também: "Sou capaz de gestionar as críticas", diz Joachim Low

Fonte: esporte.uol.com.br

Partilhe nas redes sociais:

Comentários - 0