Receba atualizações de notícias ao minuto sobre os temas mais quentes com a NewsHub. Instale já.

Apostas, confiança e retorno importante: por que Tite trouxe novidades?

15 de Setembro de 2017 21:30
143 0
Apostas, confiança e retorno importante: por que Tite trouxe novidades?

Com cinco novidades em relação a última convocação, o técnico Tite entregou a lista com os 24 nomes que vão defender a Seleção Brasileira nos duelos contra Bolívia e Chile, os dois últimos confrontos da Canarinho nas Eliminatórias para a Copa do Mundo.

A lista deixou claro as posições que ainda estão em aberto e onde exatamente o treinador procura por opções diferentes. Talvez, o maior desafio de Tite nesse momento seja encontrar peças capazes de mudar o panorama de uma partida.

Uma das surpresas da nova lista foi Arthur, do Grêmio. Aos 21 anos o jogador recebe a sua primeira oportunidade com a camisa da Seleção depois de ser muito elogiado por Tite. Inclusive, o volante foi o melhor em campo no duelo contra o Botafogo, que teve o comandante brasileiro como espectador ilustre.

"É muito bom ver a Seleção recebendo algo que o futebol brasileiro sempre cobrou, o meiocampista capaz de fazer várias funções. Ser o jogador que desarma mas ao mesmo ser o jogador que constrói, que articula, que acerta passe e organiza o jogo. O Arthur impressiona muito por isso, um jogador jovem mas que mostra uma maturidade de entendimento do jogo que chama muita atenção. Uma capacidade de leitura, de organização", frisou Carlos Eduardo Mansur, do jornal O Globo.

Se por um lado a imprensa entendeu bem a convocação de Arthur, por outro a de Diego foi mais questionada. O jogador não vive bom momento no Flamengo, mas não foi chamado pelo o que faz agora. Tite entende que o meia Rubro-Negro é, além de um atleta de qualidade, um cara que não sente o meso da camisa da Seleção.

O treinador vem buscando opções para a vaga de Renato Augusto e Diego, por muitas vezes, atua da mesma forma no Flamengo. Além disso, tem toda a experiencia e histórico com a Amarelinha.

No ataque a volta de Diego Tardelli é uma aposta interessante. Um atacante que pode atuar tanto pelos lados como referência. Vem fazendo muitos bons na China e também foi convocado pela experiência na Seleção e tudo o que entregou quando jogou no Atlético-MG.

Na lateral, Fágner não vive seu melhor momento e nas últimas oportunidades que teve não conseguiu convencer. Já Danilo, convocado, trocou o Real Madrid pelo Manchester City justamente de olho em voltar a vestir a camisa da Seleção. Jogando bem e também com a versatilidade que tem é mais um nome interessante para Tite e pode ser de fato o reserva de Daniel Alves na Copa do Mundo.

Leia também: Ele só queria ficar sozinho

Fonte: goal.com

Partilhe nas redes sociais:

Comentários - 0