Receba atualizações de notícias ao minuto sobre os temas mais quentes com a NewsHub. Instale já.

Audiência pública vai debater perturbação na orla de Santarém

14 de Abril de 2015 13:24
4 0
Audiência pública vai debater perturbação na orla de Santarém

Discussão visa buscar providências para acabar com as farras na madrugada.Consumo de drogas, brigas e poluição sonora são os principais problemas.

Uma audiência pública vai debater soluções para a perturbação ocorrida durante as madrugadas na orla de Santarém, oeste do Pará, ocasionadas pela poluição sonora, consumo de álcool e drogas, disputas de rachas e exposição sexual em frente ao Museu João Fona e entorno da Praça São Sebastião. O evento é promovido pela Ordem dos Advogados do Brasil (OAB) subseção de Santarém e será realizado nesta quarta-feira (15), às 15h, na sede da entidade.

A audiência foi motivada por várias denúncias em relação a essas práticas. Segundo a OAB, a desordem é protagonizada por jovens, sendo boa parte menor de idade, e sendo registradas pelos próprios participantes e exibidas nas redes sociais. As farras acarretam em prejuízos aos moradores, que não conseguem dormir à noite.

Foram convidados o Poder Judiciário, Ministério Público, Conselho Tutelar, polícias, imprensa, Departamento Estadual de Trânsito (Detran), Secretaria Municipal de Mobilidade e Trânsito (SMT), Secretaria Municipal de Meio Ambiente (Semma), Secretaria Municipal de Trabalho e Assistência Social (Semtras), Comissão de Direitos Humanos e de Meio Ambiente da Câmara de Vereadores, e Centro de Perícias Científicas Renato Chaves. A audiência é aberta ao público.

A sede da OAB Santarém fica na Avenida Presidente Vargas, n° 2948, bairro Aparecida, entre travessas Professor Carvalho e Frei Ambrósio.

Casos Em fevereiro, cinco jovens foram presos em frente ao Museu João Fona, após serem flagrados pelas câmeras de segurança do Núcleo Integrado de Operações (Niop) fazendo desordem e usando droga no local. Durante a abordagem, alguns deles ainda desacataram os policiais. O grupo estava com som alto na orla, usando droga e quando a guarnição chegou ao local, os jovens ainda tentaram jogar o entorpecente.

Em outro caso, um homem foi flagrado promovendo vandalismo ao arrancar uma placa de sinalização na orla e jogando no rio. Dois envolvidos pagaram multa. A placa foi colocada novamente no lugar.

Casos mais recentes são de vídeos que circulam pelas redes sociais em que jovens aparecem brigando em frente ao museu, e mulheres fazendo cenas obcenas.

Fonte: g1.globo.com

Partilhe nas redes sociais:

Comentários - 0