Receba atualizações de notícias ao minuto sobre os temas mais quentes com a NewsHub. Instale já.

Autoras de tortura exibida no WhatsApp devem prestar depoimento

9 de Janeiro de 2019 14:48
76 0
Autoras de tortura exibida no WhatsApp devem prestar depoimento

A vítima sofreu várias lesões pelo corpo e fratura no nariz. Por conta disso vai precisar passar por cirurgia plástica

O caso - Por volta das 18h de segunda-feira (7) a adolescente recebeu uma mensagem no celular de uma amiga a chamando para tomar tereré.

Ao aceitar o convite, a colega de 17 anos, chamou um motorista de aplicativo, porém o destino era uma casa no Guanandi. “Vi que não era a casa da minha amiga, mas ela estava lá na frente me esperando. Quando desci e a segui para entrar na casa fui agarrada por outras duas meninas”, conta.

Além da “amiga”, a vítima relata que as outras agressoras tem 17 e 18 anos. “Elas trancaram o portão, fecharam a casa e me arrastaram para dentro. Lá, começaram a me bater com socos e chutes. Também me bateram com uma faca e ainda com ela riscaram as minhas costas”, detalha a menina.

Enquanto era agredida, a adolescente conta que a “colega” responsável em atraí-la fez uma live em um grupo de WhatsApp chamado “As Bandidas”, o qual as agressoras fazem parte.

“Elas diziam que só estavam esperando uma arma chegar para me matar. Tiraram minha blusa, rasparam parte da minha sobrancelha e ameaçavam cortar meu cabelo. Eu comecei a chorar e implorar pela minha vida”, conta.

Fonte: campograndenews.com.br

Partilhe nas redes sociais:

Comentários - 0