Receba atualizações de notícias ao minuto sobre os temas mais quentes com a NewsHub. Instale já.

Bancado por Carille, Jadson retribui: assistência e promessa de retomada

12 de Outubro de 2017 10:32
14 0
Bancado por Carille, Jadson retribui: assistência e promessa de retomada

Meia do Corinthians foi alvo de críticas nas últimas semanas, mas deu resposta diante do Coritiba com passe de calcanhar para Jô. Ele não dava assistência há quase quatro meses

Apesar da liderança disparada do Campeonato Brasileiro, o técnico Fábio Carille foi alvo de fortes críticas nas últimas semanas não só por conta da queda de desempenho da equipe no segundo turno. Um dos temas de questionamento foi a manutenção de jogadores em baixa, como o meia Jadson. Recentemente, o próprio camisa 10 admitiu a má fase, mas deu foco aos treinamentos para voltar à boa fase e deu sinais disso nesta quarta-feira.

Aos nove minutos do primeiro tempo, Jadson recebeu passe do campo de defesa e deu de calcanhar para Jô marcar o primeiro gol da vitória por 3 a 1 diante do Coritiba - Henrique Almeida empatou e Clayson marcou duas vezes na etapa complementar. A resposta de Jadson às críticas foram tema de declarações do camisa 10 após a partida.

- Acho que as críticas vêm em cima dos jogadores, em cima de mim, e a única forma de melhorar é trabalhando. Então nesses dias eu trabalhei forte, o Carille sabe, a comissão sabe que me entreguei nos treinamentos e graças a Deus consegui dar uma assistência ao Jô. Às vezes não é o dia do jogador, mas eu sempre procuro fazer o melhor, ajudar a equipe da melhor maneira - relatou o jogador mais experiente do time titular do Corinthians.

Jadson não contribuía com uma assistência desde 14 de junho, quando serviu Balbuena na vitória por 1 a 0 diante do Cruzeiro, ainda no início do Brasileirão. Em 40 partidas na temporada, sendo 38 como titular, o camisa 10 soma oito gols e agora seis assistências. Ele é o terceiro do elenco nas duas estatísticas (tem menos gols que Jô e Rodriguinho e menos assistências que Guilherme Arana e Rodriguinho, empatado com Jô e Fagner).

Habitualmente escalado no lado direito da linha de três do 4-2-3-1, Jadson atuou como ponta-esquerda diante do Coritiba. No dia a dia do CT Joaquim Grava, ele também foi usado como armador centralizado. Diante do Bahia, às 19h do próximo domingo, ele deve seguir como titular. Com a confiança de Carille.

Fonte: terra.com.br

Partilhe nas redes sociais:

Comentários - 0