Receba atualizações de notícias ao minuto sobre os temas mais quentes com a NewsHub. Instale já.

Bilionário mostra destruição causada por furacão em ilha particular no Caribe

11 de Setembro de 2017 20:44
26 0
Bilionário mostra destruição causada por furacão em ilha particular no Caribe

O bilionário britânico Richard Branson, 67 anos, revelou a extensão da devastação em sua luxuosa casa — a ilha particular caribenha de Necker — após a passagem do furacão Irma. O empresário publicou um vídeo no Instagram mostrando como ficou o lugar, que está entre as 50 Ilhas Virgens Britânicas.

A maioria dos edifícios e a vegetação do resort ficaram destruídos, mas a equipe que estava na ilha e o próprio dono conseguiram se proteger na adega durante a passagem do furacão.

"Sentimos toda a força do furacão mais forte do Oceano Atlântico. Mas somos muito afortunados de ter uma adega forte construída na 'Grande Casa' de Necker e tivemos muita sorte de que todas as nossas equipes que ficaram na Ilha durante a tempestade estão seguras e bem", disse Branson ao site da Virgin.

Como a comunicação ainda é precária nas ilhas, o empresário está em Porto Rico, onde espera angariar fundos para reconstrução das zonas afetadas pelo furacão no Caribe. Depois, prometeu voltar para as Ilhas Virgens e ajudar pessoalmente os locais.

O furacão matou cinco pessoas no território — pelo menos 28 pessoas em todo o Caribe —, e o primeiro ministro das ilhas pediu ao Reino Unido que ofereça apoio.

"Esta história é sobre as dezenas de milhares de pessoas que perderam suas casas e seus meios de subsistência. Passamos os últimos dois dias visitando membros da equipe que vivem em Virgin Gorda e tantas pessoas quanto foi possível, distribuindo ajuda, água e suprimentos. Já vimos em primeira mão quão feroz e implacável foi essa tempestade", descreveu Branson, que divulgou outras fotos da ilha Necker (veja abaixo).

Desde 2013, Branson vive na ilha particular. Necker foi comprada em 1978 por US$ 180 mil.

Fonte: dc.clicrbs.com.br

Partilhe nas redes sociais:

Comentários - 0