Receba atualizações de notícias ao minuto sobre os temas mais quentes com a NewsHub. Instale já.

Em clima de festa, Palmeiras pode fechar ano batendo outra marca corintiana

2 de Dezembro de 2018 08:51
23 0
Em clima de festa, Palmeiras pode fechar ano batendo outra marca corintiana

O Palmeiras fecha sua participação na temporada 2018 neste domingo (2) contra o Vitória, no Allianz Parque, às 17h (de Brasília), em clima de festa, mas também de olho em quebrar mais um recorde. Campeã com uma rodada de antecipação, a equipe enfrentará um rival já rebaixado e depois vai erguer a taça do Campeonato Brasileiro no gramado. Se vencer, terá mais um motivo para comemorar: vai superar o Corinthians como dono do melhor turno da história.

Com 44 pontos no segundo turno, o Verdão, se ganhar na última rodada, vai igualar os 47 que o rival fez no primeiro turno do ano passado, além de empatar no número de vitórias (14). Já no critério de desempate seguinte, saldo de gols, levará a melhor, pois hoje os dois times estão iguais nesse quesito (23 gols de saldo, com 32 marcados e nove sofridos).

Se isso se confirmar, não terá sido a primeira marca histórica do Corinthians derrubada pelo Palmeiras neste Brasileirão. Os comandados de Felipão já superaram o recorde de invencibilidade da equipe que foi comandada por Fábio Carille em 2017. Os campeões do ano passado ficaram 19 jogos seguidos sem perder, enquanto o Palmeiras já soma 22 e pode chegar a 23 na rodada final.

Apesar de ainda haver recordes em jogo, é natural que o ritmo dos trabalhos no clube já tenha desacelerado desde que o título foi confirmado na rodada passada, após vitória sobre o Vasco em São Januário. O elenco recebeu dois dias de folga e só se reapresentou na quarta-feira (28), dia que também contou com festa oficial à noite para jogadores, comissão técnica e demais funcionários. Felipão voltou a fechar os treinos à imprensa, como se tornou costume no Palmeiras, só na sexta (30).

A escalação alviverde, aliás, ainda é um mistério. Felipão não deu nenhuma pista do time que pretende escalar no último jogo da temporada, mas alguns jogadores, como Dudu e o capitão Bruno Henrique, já demonstraram a vontade de estar em campo e devem atuar. Outros setores podem ter mudanças, mantendo o esquema de rodízio implantando pelo treinador ao longo do semestre. Os jogadores entrarão de férias logo depois da cerimônia da taça.

O jogo também terá como novidade a presença do presidente eleito Jair Bolsonaro, que foi convidado pelo Palmeiras e assistirá à partida em um camarote do Allianz Parque com o presidente Maurício Galiotte. O clube vai disponibilizar assessores e seguranças para o político, que já se declarou palmeirense e parabenizou o clube pelo título brasileiro em seu Twitter.

Leia também: Neymar será poupado contra o Strasbourg

Fonte: esporte.uol.com.br

Partilhe nas redes sociais:

Comentários - 0