Receba atualizações de notícias ao minuto sobre os temas mais quentes com a NewsHub. Instale já.

Dia 3 do Rock in Rio tem Susana Vieira soltando o verbo e Huck e Angélica com filhos

18 de Setembro de 2017 05:08
165 0
Dia 3 do Rock in Rio tem Susana Vieira soltando o verbo e Huck e Angélica com filhos

Festival contou, no domingo (17), com presença de famosos e shows de artistas como Justin TImberlake, Alicia Keys e Frejat

O domingo (17) marcou o terceiro dia da 7ª edição do Rock in Rio, que recebeu mais um time de famosos na Cidade do Rock. Entre os astros que subiram ao palco, os internacionais Justin Timberlake e Alicia Keys, além de Frejat e Walk The Moon, que agradou o público fã de indie rock.

Segundo QUEM apurou, Benício e o Joaquim estavam com amiguinhos enquanto Eva tinha uma babá a tiracolo quando entrou na área VIP. Mais cedo, Huck chegou de muletas ao RiR, e confirmou a QUEM que machucou o joelho recentemente.

Quem também levou o pequeno foi Luana Piovani e Pedro Scooby, que estavam com o filho mais velho, Dom, de 5. "É o primeiro Rock in Rio do Dom. Ele está amarradão. Acabamos de voltar da roda gigante com ele", disse o surfista. Segundo fontes de QUEM, Dom saiu correndo da área VIP umas três vezes e Scooby ia atrás para trazer o filho de volta.

"A gente namora mesmo quando não dá. Não tem decência. A gente beija, beija, beija e, quando vê, acabou o show", disse Mayra ao ser questionada se conseguiu namorar durante apresentação de Alicia Keys, penúltima atração do Palco Mundo.

Ela também falou sobre que a diferença de idade não atrapalha a relação. “Eu poderia ter 90 e ele 22 anos. Culturalmente, estamos acostumados ver homens com meninas mais novos e as pessoas acham legal. Mulheres estão em um momento muito importante socialmente”, disse ela.

"Acho lindo ver esse garotada no Rock in Rio. Por mais que a gente possa estar p. da vida com os acontecimentos e não podemos esquecer de toda aquela cambada que está lá em Brasília, o Rock in Rio é um momento de diversão. Eu era rock’n’roll, mas depois virei fã de eletrônica. Meu filho foi criado em discoteca. Eu o levava a discoteca quando ele ainda era menor de idade. Ele ficava na salinha do DJ, enquanto a mamãe aqui ficava se esbaldando. A Hipopotamus era a minha segunda casa. Nunca fui santa."

"Vim montada porque eu me vejo assim também. Esse festival é de rock. Rock é para extravasar. O rock é luta e transforma a sociedade, está todo mundo livre. Venham do jeito que quiser, f***-se o que os outros pensem. Decidi vir assim", disse ele, enaltecendo o fato de Pabllo ter cantado com Fergie no Palco Mundo. "Espero que a gente mostre a luta pelos direitos no Rock in Rio. Queremos ver cadeirantes, negros, índios subindo ao palco e mostrando a verdadeira voz do Brasil."

Ela, que foi conferir a apresentação de Alicia Keys, ainda explicou a troca de experiências com as seguidoras e a tal da "romantização da maternidade". "A maternidade é maravilhosa, mas tem suas dificuldades. Quando uma pessoa pública expõe as dificuldades, elas se identificam. Algumas pessoas no Brasil, que têm privilégios, é mais fácil, pois tenho plano de saúde, estrutura familiar e financeira. Se para mim já é difícil, imagine para quem não têm", completou.

Fonte: revistaquem.globo.com

Partilhe nas redes sociais:

Comentários - 0