Receba atualizações de notícias ao minuto sobre os temas mais quentes com a NewsHub. Instale já.

Doria perde 20 zonas eleitorais do 1º para o 2º turno na capital paulista e termina com 41,9% na cidade onde foi prefeito

29 de Outubro de 2018 01:18
62 0

Tucano foi eleito com 51,75% dos votos válidos contra 48,25% de Márcio França (PSB). Doria perdeu 637.878 votos de 2016, quando foi eleito prefeito de SP, para 2018.

Apesar de ter vencido a eleição para governador de São Paulo, João Doria (PSDB) perdeu na capital paulista, que administrou por 15 meses antes de deixar a Prefeitura para concorrer ao Palácio dos Bandeirantes. Na cidade, seu adversário, Márcio França (PSB), teve 58,10% dos votos (3.393.092), contra 41,90% (2.447.309) do tucano, diferença de 16,19%.

Todas as zonas eleitorais vencidas pelo tucano estão no centro expandido da cidade. Doria liderou em Indianópolis, na Zona Sul, com 66,06% dos votos, no Jardim Paulista, onde mora, com 64,27%, e em Santo Amaro, com 61,08%, as três zonas em que ele ultrapassou a casa dos 60%.

Já França venceu em todos os extremos da cidade. Em Cidade Tiradentes, no extremo da Zona Leste, o pessebista teve 77,84% dos votos, e em Parelheiros, no extremo da Zona Sul, França alcançou 76,72% dos votos.

Em números absolutos, 2.447.309 eleitores votaram em Doria neste ano, contra 3.085.187, quando foi eleito no primeiro turno em 2016, 637.878 votos a menos.

Naquele ano, Doria só tinha perdido em 2 das 58 zonas, onde Marta Suplicy, então candidata do PMDB, venceu no Grajaú e em Parelheiros, extremos da Zona Sul da cidade.

Em 2016, a maior votação de Doria na cidade também foi em Indianópolis: ele teve 73,84% na área nobre da capital.

Fonte: g1.globo.com

Partilhe nas redes sociais:

Comentários - 0