Receba atualizações de notícias ao minuto sobre os temas mais quentes com a NewsHub. Instale já.

Foto de 1971 foi parar nos braços do filho, depois que câncer levou o pai

14 de Janeiro de 2018 10:05
24 0
Foto de 1971 foi parar nos braços do filho, depois que câncer levou o pai

"Poderia ser qualquer outra foto, mas nessa vejo a luta do meu pai no dia a dia para criar os filhos. Ele sempre batalhou muito pela nossa felicidade e formou nós três, mesmo sem ele nunca ter feito um curso superior ", lembra Yohann.

O momento da fotografia também era lembrado com carinho pelo pai. "Ele estava o Batalhão de Infantaria Blindado em Curitiba, e naquele ano, foi um dos únicos invernos que nevou em Curitiba. Ele sempre comentava sobre isso. Também soube que ele era o mais alegre do grupo e acorda os amigos com uma corneta, sempre muito divertido, apesar do trabalho intenso".

Edson nasceu no Paraná, mas vivou maior parte do tempo em Campo Grande, atuando como representante de vendas. Era paizão e amigo dos filhos. "Ele era daquele que levava todos os meus amigos para fazer festa dentro de casa, fazia churrasco, abraçava e brincava com todo mundo. Quando ele partiu, meu amigos sentiram demais".

Os primeiros sinais foram em abril, quando Edson viajava para o casamento de um filhos e reclamou de dores nas costas. "Ele tomou relaxantes musculares, mas no retorno para casa as dores começaram a se intensificar e ele acabou buscando um ortopedista acreditando que o problema era na coluna".

Isso porque no anterior os exames de rotina não apontaram nenhum problema de saúde. "Por isso ninguém imaginava que poderia ser algo tão sério. Mas depois do feriado do dia 7 de setembro, ele foi hospitalizado, o m'edico diagnosticou o câncer no pulmão e não saiu mais do hospital".

Fonte: campograndenews.com.br

Partilhe nas redes sociais:

Comentários - 0