Receba atualizações de notícias ao minuto sobre os temas mais quentes com a NewsHub. Instale já.

Governo promete fim de regalia em cadeia onde brasileiro matou jovem

23 de Novembro de 2018 19:15
65 0
Governo promete fim de regalia em cadeia onde brasileiro matou jovem

Ministro do interior do Paraguai diz que presos só poderão ter colchão, roupas, produtos de higiene pessoal e um livro

O governo paraguaio promete acaba com a mordomia de presos no quartel da Agrupación Especializada, em Assunción, capital do país vizinho. A sede do grupo de elite da Polícia Nacional do Paraguai mantém recolhidos presos ligados a facções criminosas brasileiras.

Foi lá que no dia 17 deste mês o narcotraficante carioca Marcelo Fernando Pinheiro Veiga, o Marcelo Piloto, matou uma mulher paraguaia de 18 anos de idade que o visitava na cadeia.

O criminoso do Comando Vermelho desferiu pelo menos 16 golpes de faca na jovem, numa tentativa de impedir sua extradição. Na segunda-feira (19), Marcelo Piloto foi expulso por ordem do presidente do Paraguai Mario Abdo Benítez.

Após a expulsão do traficante brasileiro, autoridades paraguaias fizeram uma vistoria nas celas e descobriram que muitos presos contam com regalias em troca de propinas pagas a policiais e carcereiros.

Ontem (22), a Promotoria de Justiça já tinha ordenado a retirada de privilégios dos presos. O promotor Hugo Volpe comandou a ação para remoção de geladeiras, microondas, mesas, TV de plasma e até videogames Playstation. Algumas tinham cozinhas montadas, como frutas e verduras frescas.

Fonte: campograndenews.com.br

Partilhe nas redes sociais:

Comentários - 0