Receba atualizações de notícias ao minuto sobre os temas mais quentes com a NewsHub. Instale já.

Grêmio dobra jovens na Liberta e aumenta confiança após prova de fogo

14 de Fevereiro de 2014 10:43
45 0

Atuações de Wendell e Luan na vitória por 1 a 0 sobre o Nacional, em suas estreias na competição, corroboram aposta em garotos. São 12 na lista, contra 6 em 2013

Os gastos foram reduzidos para 2013. A saída, apostar nas categorias de base. Não é segredo que o Grêmio mudou estilo de investimento e utiliza os jovens como trunfo para 2014. O clube gaúcho dobrou a presença de jogadores crias da casa na lista da Libertadores e aumentou a confiança nos garotos após a "prova de fogo" na vitória por 1 a 0 sobre o Nacional, no Parque Central.

Três jogadores eram estreantes: Wendell, Ramiro e Luan. Os dois últimos tem passagens pelo time sub-20 tricolor, embora o volante já tenha chegado com experiência de profissional do Juventude e tenha sido titular da equipe gremista em 2013, durante o Brasileirão.

Atualmente, entre os 30 inscritos na Libertadores, são 12 atletas forjados na base tricolor: Marcelo Grohe, Busatto, Tiago, Breno, Tinga, Saimon, Ramiro, Matheus Biteco, Luan, Everton, Lucas Coelho e Everaldo. Todos podem ser utilizados sem medo, principalmente depois da boa impressão deixada pelo trio. No ano passado, o time do então técnico Vanderlei Luxemburgo tinha seis jogadores formado nas categorias de base: Misael, Marcelo Grohe, Busatto, Saimon, Leandro e Yuri Mamute.

- Os jogaodres que vem da base, mais novos, se sentem à vontade porque os mais experientes passam a tranquillidade. Peço para que acolham bem, porque são jogadores de grande potencial. Eu acho que os dois (Wendell e Luan) fizeram um grande trabalho, temos que valorizar muito o trabalho da nossa base. Preparam bem os garotos. Não só o Luan, mas temos uma boa safra que está participando da equipe principal. É importante porque prova que eles apresentaram maturidade - comentou o técnico Enderson Moreira.

Aquele que arranca maiores suspiros dos tricolores é, sem dúvida, Luan. O meia-atacante teve ascensão meteórica em 2014, ao participar do Gauchão com o time júnior, sob o comando de Mabília, e se destacar. Em pouco mais de uma semana sob o comando de Enderson, virou titular. Atuou no Gre-Nal e agora na estreia na Libertadores.

- Luan é um grande jogador, mostrou nos treinos. Isso o credenciou a jogar o Gre-Nal. E foi muito bem na partida, segurando, não se intimidou jogando no Parque Central. A diretoria tem apostado nos meninos, e nós vamos fazer de tudo para dar apoio para eles e conquistar nosso objetivo na primeira fase - destacou o zagueiro Werley.

A observação dos jovens também faz com que a diretoria não contrate mais ninguém. Após a chegada de Dudu, o Tricolor deixa de trabalhar no mercado. Até porque não poderia utilizar ninguém novo imediatamente na lista da Libertadores. O clube gaúcho desembarca na tarde desta sexta-feira em Porto Alegre.

Fonte: ndonline.com.br

Partilhe nas redes sociais:

Comentários - 0