Receba atualizações de notícias ao minuto sobre os temas mais quentes com a NewsHub. Instale já.

Ilan: para que teto de gastos se cumpra, é preciso reforma da Previdência

7 de Novembro de 2017 23:33
63 0

BRASÍLIA - O presidente do Banco Central, Ilan Goldfajn, lembrou nesta terça-feira, 7, durante evento do BC do Uruguai, em Montevidéu, que o atual governo promoveu reformas importantes, como trabalhista, a da educação e a que estabeleceu o teto de gastos no setor público. No entanto, Ilan defendeu que a reforma da Previdência é fundamental para o sucesso da contenção dos gastos. "Para que teto de gastos se cumpra, é preciso uma reforma na Previdência", afirmou.

Durante sua exposição, ele também lembrou que o Brasil passou por uma "recessão profunda" que durou dois anos. "Tivemos uma mudança de governo e uma mudança de política econômica", disse. "Agora, caminhamos para crescimento que chegará a 2%, 2,5%", acrescentou, destacando projeções de avanço para o Produto Interno Bruto (PIB) em 2018.

Ilan retomou ainda uma ideia presente nos documentos mais recentes do BC, a de que a queda da inflação permitiu ao País a recuperação do poder da economia.

Ilan participa da XXXII Jornadas Anuales de Economia, promovida pelo Banco Central do Uruguai, em Montevidéu. Na noite de hoje e nesta quarta-feira (8), o presidente do BC participará ainda de encontros ligados à XXXIII Reunião de Presidentes de Bancos Centrais da América do Sul.

Fonte: dci.com.br

Partilhe nas redes sociais:

Comentários - 0