Receba atualizações de notícias ao minuto sobre os temas mais quentes com a NewsHub. Instale já.

Japonês libertado após 3 anos de sequestro na Síria diz que viveu 'inferno'

25 de Outubro de 2018 23:02
50 0
Japonês libertado após 3 anos de sequestro na Síria diz que viveu 'inferno'

Jornalista Jumpei Yasuda chegou ao Japão; esposa o esperava com prato típico feito por sua mãe

Yasuda foi solto nesta semana na Turquia e chegou ao aeroporto de Narita, perto de Tóquio, onde era esperado pela esposa e por seus pais.

“Quero pedir desculpas por ser fonte de tanta preocupação, mas graças a todos vocês, hoje posso voltar são e salvo”, disse, em uma breve declaração lida por sua esposa Myu.

No avião que o transportou até a Turquia, ele falou à TV pública japonesa NHK que viveu um “inferno".

"Não apenas fisicamente, mas também mentalmente. A cada dia eu me dizia 'hoje também não vão me libertar' e perdia o controle sobre mim mesmo, pouco a pouco".

O jornalista independente, que tem 44 anos, apareceu diante das câmeras cansado e aliviado ao mesmo tempo. “Há 40 meses não falo japonês, as palavras não me vêm facilmente", explicou.

No Japão, houve insultos contra reféns em episódios anteriores, considerados imprudentes por alguns conterrâneos.

A esposa de Yasuda disse à imprensa que, em sua chegada, entregou a ele um prato tradicional japonês feito por sua mãe. “Senti uma felicidade intensa, o sentimento de que voltava à vida cotidiana”, explicou.

Fonte: 1.folha.uol.com.br

Partilhe nas redes sociais:

Comentários - 0