Receba atualizações de notícias ao minuto sobre os temas mais quentes com a NewsHub. Instale já.

Jesus brilha, City vence Wolverhampton e segue na briga com o Liverpool

14 de Janeiro de 2019 23:37
138 0
Jesus brilha, City vence Wolverhampton e segue na briga com o Liverpool

O Manchester City confirmou o favoritismo e venceu o Wolverhampton, nesta segunda-feira (14), no encerramento da 22ª rodada do Campeonato Inglês. Gabriel Jesus marcou duas vezes e foi o principal responsável pela vitória por 3 a 0, em casa, no Etihad Stadium. Coady, contra, fez o outro gol do jogo.

Com o triunfo, o vice-líder City chega aos 53 pontos e segue na briga com o Liverpool, que lidera com 57. Já o Wolverhampton é o 11º colocado e soma 29 pontos.

As duas equipes voltam a jogar pelo Campeonato Inglês no fim de semana. No sábado (19), o Wolverhampton recebe o Leicester, enquanto o City visita o Huddersfield Town no domingo (20).

Depois de marcar quatro vezes contra o Burton, pela Copa da Liga Inglesa, Gabriel Jesus foi mantido entre os titulares, enquanto Aguero começou no banco depois de se recuperar de uma gripe. O brasileiro aproveitou muito bem a sua chance e foi o nome do jogo com dois gols marcados. O camisa 33 foi substituído aos 31 minutos da etapa final justamente pelo argentino.

A vida do Wolverhampton já não era fácil, mas o jogador francês tratou de complicar a situação ainda mais. Quando o City já vencia por 1 a 0, aos 19 minutos do primeiro tempo, Boly deu carrinho na altura do tornozelo de Bernardo Silva e recebeu cartão vermelho direto do árbitro Craig Pawson. Antes, ele havia vacilado na marcação no primeiro gol de Gabriel Jesus. Com um a menos, os visitantes voltaram a sofrer gols e praticamente só se defenderam.

O primeiro gol do jogo saiu logo aos 10 minutos. Laporte deu belo passe para Sané, que cruzou rasteiro para Jesus completar de carrinho para as redes. O camisa 33 voltou a marcar mais tarde. Aos 38, Bennett derrubou Sterling na área, e a arbitragem marcou pênalti. O atacante brasileiro deslocou o goleiro Rui Patrício na cobrança e ampliou a vantagem.

O City diminuiu um pouco o ritmo no começo do segundo tempo já com a vantagem no placar, mas ainda assim continuou melhor. Gabriel Jesus foi até mais participativo e fez bem o pivô. Quem criou perigo foi De Bruyne. O belga, que substituiu David Silva, bateu com perigo para fora e depois exigiu defesa de Rui Patrício.

De Bruyne, que já vinha sendo o melhor na etapa final, foi o responsável pelo terceiro gol. Aos 33, ele cruzou para o meio da área, e Coady fez gol.

Manchester City: Ederson; Walker, Sones, Laporte e Danilo; Bernardo Silva, Fernandinho e David Silva (De Bruyne); Sterling, Gabriel Jesus (Aguero) e Sané (Gundogan)

Wolverhampton: Rui Patrício; Bennett, Coady e Boly; Doherty, Dendoncker, João Moutinho (Gibbs-White), Rúben Neves e Jonny Castro; Jiménez (Traoré) e Diogo Jota (Saiss)

Fonte: esporte.uol.com.br

Partilhe nas redes sociais:

Comentários - 0