Receba atualizações de notícias ao minuto sobre os temas mais quentes com a NewsHub. Instale já.

Em jogo com portões fechados, Sport não dá chances e vence o CSA por 2 a 0

16 de Fevereiro de 2014 21:27
47 0
Em jogo com portões fechados, Sport não dá chances e vence o CSA por 2 a 0

Gols do Leão foram marcados por Neto Baiano e Ferron

Em jogo com os portões fechados por conta de uma punição do STJD, o Sport não deu chances e venceu o CSA por 2 a 0 no jogo de ida das quartas de final da Copa do Nordeste. Os gols foram marcados pelo atacante Neto Baiano e pelo zagueiro Ferron. A partida marcou também o primeiro jogo de Eduardo Baptista efetivado no cargo de treinador do Sport, vencendo o seu quarto jogo consecutivo.

O Sport dominou toda a etapa inicial. O Leão distribuiu bem os passes, conseguindo levar perigo ao goleiro Pantera.

Aos 12 minutos, após cruzamento na área, Patric matou a bola no peito e chutou por cima, desperdiçando o que poderia ser o primeiro gol do Sport na partida

Mantendo a iniciativa, o Leão teve outra boa oportunidade aos 21 minutos, com Ewerton Páscoa cabeceando a bola por cima do gol, assustando o goleiro Pantera.

De tanto partir pra cima, o Sport chegou ao primeiro gol aos 29 minutos. Em cruzamento de Renê, na esquerda, Neto Baiano passa por trás de Roberto Dias, se estica e bate de primeira com o pé direito, estufando as redes.

O Rubro-negro teve outra boa chance de gol aos 37 minutos, em falta cobrada por Ailton. Pantera voou no ângulo e espalmou para fora, evitando o segundo gol do Sport.

Com o relógio marcando 38 minutos, o autor do gol do Leão, Neto Baiano, desperdiçou uma chance incrível de ampliar o marcador. O camisa 9 roubou a bola de Breno na entrada da área, ficou cara-a-cara com Pantera, mas chutou a bola para fora, a direita do goleiro, perdendo um gol incrível.

O CSA conseguiu levar perigo ao gol de Magrão somente aos 45 minutos. Em cobrança de falta, Daniel Costa levantou a bola na área, sobrando para Charles Wagner, que fez o giro e chutou forte para fora, desperdiçando a única boa chance do Azulão de marcar.

Segundo tempo:

O Sport voltou para a etapa final mantendo o mesmo ritmo de jogo, pressionando o CSA. Aos 12 minutos, Felipe Azevedo, que entrou no intervalo no lugar de Érico Júnior, faz boa jogada na área, toca para Ailton, que rola a bola para Ewerton Páscoa. Páscoa enche o pé e chuta para fora, a esquerda de Pantera.

Muito bem postado em campo, o Leão conseguiu chegar ao segundo gol aos 19 minutos. Em escanteio cobrado por Renê, o zagueiro Ferron, mesmo sendo puxado pela camisa, conseguiu se distanciar do marcador e nem precisou subir muito para cabecear a bola no canto esquerdo do goleiro do Azulão, ampliando o placar para 2 a 0.

Logo depois, Felipe Azevedo faz boa jogada pela direita, entra na área e manda a bomba, obrigando o goleiro Pantera a espalmar para escanteio.

O Azulão conseguiu chegar próximo ao gol aos 33 minutos. Em jogada pela direita, Clementino entra livre na área e toca por cima do goleiro Magrão, mas a zaga do Sport afastou a bola.

Muito bem no jogo, Felipe Azevedo levou perigo novamente ao gol do CSA. O jogador recebeu a bola, avançou pela direita e chutou cruzado para fora, com a bola passando muito perto da trave.

A partir daí, o jogo esfriou, mas o CSA continuava a não ter muitas chances diante do domínio do Sport, que administrou a partida e leva uma vantagem de 2 a 0 para o jogo de volta, no Estádio Rei Pelé, no dia 25 de fevereiro.

FICHA TÉCNICA

Data: 16/02/2014

Local: Ilha do Retiro-PE

Sport: Magrão; Patric (Bileu), Ferron, Durval e Renê; Páscoa, Rodrigo Mancha, Ailton e Ananias; Neto Baiano (Everton Felipe) e Érico Júnior (Felipe Azevedo). Téc: Eduardo Baptista.

CSA: Pantera; Pedro Silva, Breno, Roberto Dias, Mineiro (Uéderson); Charles Wagner, Lucas, Daniel Costa, Jerson (Diego Clementino); Jeferson Maranhense (Santos) e Josimar. Téc: Oliveira Canindé.

Fonte: br.esporteinterativo.yahoo.com

Partilhe nas redes sociais:

Comentários - 0