Receba atualizações de notícias ao minuto sobre os temas mais quentes com a NewsHub. Instale já.

Justiça manda soltar ucranianos suspeitos de importunação sexual em SP

20 de Dezembro de 2018 07:11
116 0

Estrangeiros estão presos no CDP de São Vicente desde sexta-feira. Juiz decidiu pela soltura, mas homens terão passaportes retidos e não poderão sair do país.

A dupla está presa no Centro de Detenção Provisória (CDP) de São Vicente desde a última sexta-feira (14). A previsão do advogado de defesa Danilo Pereira é que os clientes sejam soltos nesta quinta-feira (20).

Na decisão publicada pelo Tribunal de Justiça, o juiz Valdir Ricardo Lima decidiu pela revogação da prisão preventiva dos suspeitos e a concessão da liberdade provisória, sem pagamento de fiança. O juiz considerou que apesar de, em tese, se tratar da imputação prática, os delitos foram cometidos sem violência ou grave ameaça e os dois não possuem antecedentes criminais no Brasil.

Os ucranianos, no entanto, terão de cumprir algumas medidas cautelares, como o "comparecimento bimestral em juízo para informar e justificar suas atividades" e entrega dos passaportes. Os documentos ficarão retidos até nova decisão judicial. Por consequência, a dupla também não poderá sair do país. O juiz também pediu que a decisão fosse comunicada ao Consulado da Ucrânia e a Embaixada.

O crime ocorreu na Praça Barão de Rio Branco, no Centro de Santos. Segundo a delegada da Delegacia da Mulher de Santos, Fernanda dos Santos Souza, os tripulantes de um navio de carga que atracou no Porto de Santos provocaram tumulto em um estabelecimento na última quinta-feira (13).

Fonte: g1.globo.com

Partilhe nas redes sociais:

Comentários - 0