Veja as 10 ações que tiveram forte alta ou queda durante o pregão de 6ª

22 de Novembro de 2013 20:15

55 0

SÃO PAULO - Dia de forte volatilidade na BM&FBovespa, que viu o Ibovespa subir 1,01% em sua máxima e recuar 1,13% na mínima, antes de fechar com alta de 0,21%, aos 52.800 pontos, nesta sexta-feira (22). Com isso, muitas ações chegaram a ter oscilações fortes durante o pregão, com algumas delas chegando a operar em alta e queda no mesmo pregão.

Na manhã, por exemplo, houve mau humor em relação ao setor bancário, com a possibilidade de que uma ação no STF (Supremo Tribunal Federal), impondo perdas de US$ 150 bilhões. Com isso, os papéis do Banco do Brasil (BBAS3) - o banco de capital aberto com maior exposição - chegaram a cair 3,88%, a maior queda intradiária do Ibovespa, antes de terminar com queda de 3,35%, aos R$ 24,65. Enquanto isso, o Santander (SANB11) viu as units recuarem 3,67%, ao passo que o Bradesco (BBDC4) chegou a cair 3,34% e o Itaú Unibanco (ITUB4) teve perdas de 3,20% durante o pregão.

Na ponta positiva, o dia foi dominado pela MMX Mineração (MMXM3), que subiu 15,63% aos R$ 0,74 - mas chegou a subir 26,56% no intraday, para R$ 0,81. A LLX Logística (LLXL3) seguiu o caminho de sua co-irmã, com alta de 7,84% no intraday, embora tenha fechado com alta de 4,90%, aos R$ 1,07. A Brookfield (BISA3) subiu 6,36% durante o dia, mas perdeu fôlego e fechou com ganhos de 2,73%, aos R$ 1,13.

Fonte: dinheiro.br.msn.com

Para página da categoria

Loading...