Dois brasileiros na lista das 100 pessoas mais influentes

17 de Abril de 2015 19:05

6 0

Revista "Time" traz campeão mundial de surfe Gabriel Medina e o homem mais rico do Brasil, Paulo Lemann, em lista que inclui Vladimir Putin, Angela Merkel, Hillary Clinton, o ator Bradley Cooper e o papa Francisco.

A líder do partido francês de extrema direita Frente Nacional, Marine Le Pen, o novo primeiro-ministro grego, Alexis Tsipras, e o economista francês Thomas Piketty estão entre os novos nomes da lista das "100 pessoas mais influentes", publicada anualmente pela revista americana Time.

Também figuram na seleção divulgada nesta quinta-feira (16/04) dois brasileiros: o surfista Ricardo Medina, campeão mundial de surfe no ano passado, e o empresário Jorge Paulo Lemann, considerado pela Forbes o homem mais rico do Brasil e o 26º mais rico do mundo. Com uma fortuna avaliada em 25 bilhões de dólares, Lemann é proprietário do fundo de investimentos 3G Capital e um dos controladores da AB InBev, a maior cervejaria do mundo .

A lista da revista não é produzida em formato de ranking, mas sim em uma divisão em cinco categorias: líderes, titãs, pioneiros, artistas e ícones.

Entre os "líderes" figuram os presidentes dos Estados Unidos, Barack Obama, de Cuba, Raúl Castro, e da Rússia, Vladimir Putin, além da chanceler federal alemã, Angela Merkel, única representante alemã da lista, citada pelo sétimo ano seguido pela Time.

Também foram considerados influentes o primeiro-ministro indiano, Narendra Modi, o primeiro-ministro de Israel, Benjamin Netanyahu, e a candidata democrata à Casa Branca, Hillary Clinton. A lista ainda inclui figuras polêmicas, como o presidente norte-coreano, Kim Jong-un, e o chefe do grupo terrorista nigeriano Boko Haram, Abubakar Shekau.

Já a categoria "titãs", que traz Jorge Paulo Lemann, é encabeçada pelo rapper e produtor americano Kanye West. A celebridade Kim Kardashian, esposa de West, também aparece nessa categoria, junto com o presidente da Apple, Tim Cook, e a presidente do Federal Reserve americano, Janet Yellen.

Entre os "pioneiros" estão a bailarina americana Misty Copeland, as atrizes Reese Witherspoon e Emma Watson e o astronauta Scott Kelly.

O ator Bradley Cooper, o cantor country Tim McGraw, o estilista Alexander Wang e o humorista John Oliver estão na lista de "artistas".

Além de Gabriel Medina, a lista de "ícones" inclui ainda o papa Francisco, a juíza do Supremo Tribunal americano Ruth Bader Ginsburg, a presidente dos Médicos Sem Fronteiras, Joanne Liu, a cantora Taylor Swift, e o economista francês Thomas Piketty.

A jovem paquistanesa Malala Yousafzai, de 17 anos, volta a ser a personalidade mais jovem da lista ,e o presidente da Tunísia, Beji Caid Essebsi, de 88 anos, o mais velho.

Fonte: dw.de

Para página da categoria

Loading...