Comissão ouve 8 do caso da compra e reforma de casas para a Educação

17 de Abril de 2015 19:25

10 0

Comissão ouve 8 do caso da compra e reforma de casas para a Educação

Políticos afirmam que imóveis foram adquiridos sem necessidade em Tatuí.Prefeito Manu diz que compras foram autorizadas inclusive por vereadores.

Vereadores da Câmara em Tatuí (SP) ouviram nesta quinta-feira (16) oito pessoas envolvidas em supostas irregularidades na compra e reforma de imóveis usados pela Secretaria de Educação. Os depoimentos foram dados a três vereadores integrantes da Comissão Especial de Inquérito (CEI) que foi aberta em março para apurar as ações ocorridas durante os anos de 2013 e 2014.

Políticos afirmam que os imóveis foram adquiridos e reforados sem necessidade. O prefeito de Tatuí, José Manoel Correa Coelho, o Manu (PMDB), afirmou já na época que a negociação foi aprovada pelos próprios parlamentares durante sessões ordinárias no Legislativo.

O próximo passo será analisar depoimentos dos envolvidos para fazer o relatório sobre o assunto. A comissão tem até o dia 25 de abril para emitir um parecer sobre o relatório. O prazo ainda poderá ser prorrogado se for necessário, segundo integrantes da Comissão.

Entenda o caso No dia 10 de março deste ano, a Câmara de Tatuí criou uma CEI para investigar as possíveis irregularidades duranrte a compra e reforma de imóveis pela prefeitura. Na época, 15 dos 17 vereadores da Casa de Leis votaram a favor. Apenas um deles foi contra. O presidente da Mesa não votou.

O único vereador contrário à decisão foi Osvaldo Laranjeira Filho (PT). Já Alexandre Bossolan (DEM) afirma que foram, ao longo do ano, apresentados vários requerimentos sobre o caso. “Inclusive foram alusivos a compras de casas e todas as respostas foram totalmente evasivas”, conta.

Os vereadores que comandam a CEI são: o presidente nomeado Luis Donizetti Vaz Junior (PSDB), além de Rosana Pontes (PROS) e André Norbal (PT).

Fonte: g1.globo.com

Para página da categoria

Loading...