Mais de 200 animais que viviam em cativeiro são devolvidos à natureza

17 de Abril de 2015 19:10

8 0

Mais de 200 animais que viviam em cativeiro são devolvidos à natureza

Bichos foram apreendidos pelo Ibama nos estados do Ceará e São Paulo.Mato Grosso tem seis áreas cadastradas para a soltura de animais.

Duzentos e quarenta animais apreendidos em cativeiros nos estados do Ceará e São Paulo estão sendo devolvidos à natureza desde segunda-feira (13) em várias áreas de mata no estado, por meio de um projeto desenvolvido pelo Instituto Brasileiro de Meio Ambiente e Recursos Naturais Renováveis em Mato Grosso (Ibama/MT), o 'Asas' [Áreas de Soltura de Animais Silvestres.

Parte de um grupo de 163 aves, entre elas canários e 'trinca-ferros', apreendidos em São Paulo, foi solta em uma área próximo à Rodovia Transpantaneira, em Poconé, a 140 km da capital. Já as araras-azuis ficaram em um viveiro. Além do valor genético da espécie, elas são competitivas.

No Refúgio Ecológico Sesc Serra Azul, em Rosário Oeste, a 133 km de Cuiabá, serão soltas as araras-canindé e um grupo de 33 papagaios. Metade dos jabutis e iguanas foi solta em uma Área de Preservação Permanente (APP), nas proximidades do Rio Cuiabá.

Os jabutis e iguanas foram levados para Tangará da Serra, a 242 km de Cuiabá, e serão soltas nas áreas de preservação nas localidades do Rio Sepotuba, na Fazenda São Marcelo. Nessa área, também serão soltos 24 papagaios-verdadeiros.

As equipes do Ibama vão levar 10 tartarugas para a região do Rio Guaporé, no município de Vila Bela da Santíssima Trindade, a 562 km de Cuiabá.

Todos os animais foram submetidos a exames clínicos para verificar se estavam em bom estado de saúde. Eles continuarão a ser monitorados. Cada a ave recebeu uma anilha metálica, além de marcação individual e uma pintura vermelha para diferenciar o macho da fêmea. Os répteis receberam um microchip para futura identificação e acompanhamento.

Em Mato Grosso, já existe seis áreas cadastradas para o projeto Asas e outras áreas estão em estudo para receberem animais silvestres encontrados nessas condições.

Fonte: g1.globo.com

Para página da categoria

Loading...