Eduardo Campos anuncia redução do número de secretarias em Pernambuco

20 de Novembro de 2013 22:02

48 0

Depois de ter criticado o "excessivo" número de ministérios do governo Dilma - (39) e antecipado, no dia 11, no Programa do Jô, da Rede Globo de Televisão, que reduziria o total de secretarias em Pernambuco, o governador e presidente nacional do PSB, Eduardo Campos, anunciou nesta quarta-feira (20), que o atual número de pastas estaduais - 28 - passará para 21 em janeiro. A atitude foi considerada "eleitoreira" pela oposição, uma vez que Campos aumentou em dez o número de pastas existentes ao assumir o primeiro mandato, além de ter decidido fazer a reforma a menos de um ano das eleições.

Ele justificou que o enxugamento da máquina ocorre desde o primeiro dia de governo, com criação de plano de cargos e carreiras, realização de concursos públicos e redução de mil empregos comissionados. A economia com a redução de secretarias será de R$ 25 milhões. Somada ao corte de comissionados, chega a R$ 50 milhões.

O aumento das pastas estaduais obedeceu, de acordo com Campos, a uma estratégia de gestão para adoção de projetos de administração e não significaram aumento na despesa proporcional com função comissionada. As Secretarias de Transportes e de Recursos Hídricos se fundiram numa nova pasta, a de Infraestrutura; as de Articulação Social e Regional e de Desenvolvimento Social e Direitos Humanos serão anexadas à de Governo, que passa a se chamar Secretaria de Governo e Desenvolvimento Social; a de Esportes será incorporada pela de Educação e a Casa Militar e a assessoria do governador passarão a integrar o gabinete do governador.

Fonte: otempo.com.br

Para página da categoria

Loading...