Ex-porteiro é preso em MT suspeito de assaltar cinema em shopping

29 de Setembro de 2014 22:49

1 0

Suspeito teria dado cobertura para comparsa invadir estabelecimento.Assalto ocorreu no mês de junho, no Shopping Pantanal, em Cuiabá.

Um jovem, de 25 anos de idade, foi preso nesta segunda-feira (29), em Cuiabá, suspeito de envolvimento no assalto de uma sala de cinema, dentro do Shopping Pantanal, localizado na Avenida Historiador Rubens de Mendonça (CPA). De acordo com a Delegacia Especializada de Roubos e Furtos (Derf), o rapaz trabalhava como porteiro do cinema, na época do crime, que ocorreu no dia 22 de junho deste ano.

A prisão ocorreu nas proximidades do Pronto Socorro de Cuiabá. De acordo com a Polícia Civil, o suspeito tem outros dois mandados de prisão decretados pelo crime de roubo e já foi condenado a 6 anos de prisão por assalto. Em 2012, ele passou a cumprir a pena no regime semiaberto, porém, deixou de comparecer no albergue para dormir.

A prisão ocorreu nas proximidades do Pronto Socorro de Cuiabá. De acordo com a Polícia Civil, o suspeito tem outros dois mandados de prisão decretados pelo crime de roubo e já foi condenado a 6 anos de prisão por assalto. Em 2012, ele passou a cumprir a pena no regime semiaberto, porém, deixou de comparecer no albergue para dormir.

Segundo as investigações, o jovem, com informações privilegiadas da movimentação financeira do cinema, articulou com um comparsa, de 25 anos, o crime. O ladrão esperou que todos os clientes saíssem do estabelecimento para dar início ao assalto. O suspeito teria amarrado três funcionários do shopping dentro de um escritório e levado cerca de R$ 50 mil em dinheiro, além dos aparelhos celulares das vítimas. Conforme a polícia, ele também já tinha trabalhado no estabelecimento e se encontra foragido.

Nas investigações, a dupla foi identificada e a Polícia Civil requisitou a prisão preventiva dos envolvidos. O executor do assalto também tem passagens por roubo.

Segundo as investigações, o jovem, com informações privilegiadas da movimentação financeira do cinema, articulou com um comparsa, de 25 anos, o crime. O ladrão esperou que todos os clientes saíssem do estabelecimento para dar início ao assalto. O suspeito teria amarrado três funcionários do shopping dentro de um escritório e levado cerca de R$ 50 mil em dinheiro, além dos aparelhos celulares das vítimas. Conforme a polícia, ele também já tinha trabalhado no estabelecimento e se encontra foragido.

Golpe A polícia informou também que o jovem preso nesta segunda-feira atuava no golpe conhecido como “envelope vazio”, quando empresas contatadas por telefone efetuam vendas de produtos com um suposto depósito feito em envelope, no caixa eletrônico.

Com o comprovante do depósito feito em um envelope vazio, o golpista confirma a compra. Em seguida, a empresa entrega o produto, sem esperar a compensação bancária na conta, ficando no prejuízo.

Leia também: Suspeito é flagrado com drogas ao receber pedido de entrega pelo celular em Resende

Fonte: g1.globo.com

Para página da categoria

Loading...