Grupo cobra três meses de salários de empresa terceirizada da Petrobras

21 de Novembro de 2013 16:51

58 0

Grupo cobra três meses de salários de empresa terceirizada da Petrobras

Houve conflito entre manifestantes e Polícia Militar. Funcionários cobram pagamento de salários atrasados.

Um grupo de cerca de 100 pessoas realizou uma manifestação nesta quinta-feira (21) em frente a um escritório de uma empresa que prestadora de serviço a Petrobras, em Fortaleza. O protesto ocorreu no cruzamento da Avenida Santos Dumont com a Rua Silvia Paulet, no Bairro Aldeota.

Segundo um funcionário da empresa, o protesto teve como objetivo cobrar o salário que, segunto a categoria, está atrasado há cerca de três meses. A manifestação foi pacífica até a hora em que o Batalhão de Choque da Polícia Militar chegou ao local.

Os funcionários terceirizados disseram que para acabar com o movimento, os policiais usaram bala de borracha e bombas de efeito moral. Alguns funcionários da empresa ficaram feridos. O grupo disse que ainda tentou negociar com a polícia, mas não houve acordo. Cerca de 30 minutos depois da confusão os trabalhadores foram retirados do local.

Por telefone, o major Alexandre Ávila, comandante do choque, informou que os PMs não usaram bala de borracha, mas munição de efeito moral. Disse também que só foi preciso agir assim porque os manifestantes que estavam no meio da rua impediam passagem dos veículos.

Fonte: g1.globo.com

Para página da categoria

Loading...