Julgamento do 'caso Belota' terá reforço policial, em Manaus

21 de Novembro de 2013 11:46

41 0

Julgamento do 'caso Belota' terá reforço policial, em Manaus

Medida foi tomada em função da repercussão do tripo homicídio. Jimmy, Rodrigo e Ruan Pablo devem ir a júri popular na quarta-feira (21).

O julgamento dos três réus do caso Belota - Jimmy Robert de Queiroz Brito, Rodrigo de Moraes Alves e Ruan Pablo Bruno Cláudio Magalhães - que terá início na manhã desta quinta-feira (21), no Plenário do Tribunal do Júri do Fórum Ministro Henoch Reis, em Manaus deverá contar com reforço policial para assegurar a segurança do local. O pedido partiu da juíza de Direito, Mirza Telma de Oliveira Cunha, titular da 1ª Vara do Tribunal do Júri, que presidirá o julgamento.

Segundo o Comandante de Policiamento Metropolitano, Coronel Aroldo Ribeiro, duas viaturas da força tática deverão fazer o apoio no Fórum, enquanto o policiamento interno do Plenário do Tribunal do Júri deverá ser realizado pelo próprio Tribunal de Justiça do Amazonas (TJAM).

Segundo o TJAM, a medida foi tomada em função da repercussão e comoção que o caso gerou na cidade. A expectativa é de lotação das dependências do plenário, pois, além de parentes dos réus e das vítimas, pessoas interessadas no caso e estudantes de Direito devem acompanhar o julgamento, que será aberto ao público a partir das 9h. A capacidade do plenário é de 200 pessoas.

De acordo com o tenente Sátiro, medida foi tomada para preservar a integridade dos presetes. "É possível que haja muitos manisfestantes, além de estudantes e imprensa. Vai ser um grande evento na cidade e a PM se fará presente para garantir a ordem no local", disse.

Fonte: g1.globo.com

Para página da categoria

Loading...