Salário de US$ 65 milhões de Tim Cook gera o maior rendimento para investidores entre CEOs mais bem pagos dos EUA

17 de Abril de 2015 19:09

3 0

(Bloomberg) - Tim Cook da Apple Inc. tem o melhor rating de remuneração por desempenho entre os CEOs no Bloomberg Pay Index, o primeiro ranking diário dos executivos mais bem pagos dos EUA.

Cook recebeu uma remuneração de US$ 65,2 milhões no ano passado. Durante os três anos fiscais em que ele dirigiu a Apple, a receita subiu 69 por cento, para US$ 183 bilhões, e a renda líquida cresceu 53 por cento, para US$ 39,5 bilhões. As vendas de iPhone mais do que dobraram, para US$ 102 bilhões.

"A Apple simplesmente está arrasando de forma incrível", disse Dan Ernst, analista da Hudson Square Research em Nova York. "Um bom líder como Cook constrói uma equipe ao redor dele capaz de fazer o trabalho".

O pacote salarial pago ao homem de 54 anos, que o torna o 17° executivo mais bem pago dos EUA, é pequeno na comparação com a média do lucro econômico de três anos da Apple, de US$ 28,6 bilhões, mostra o índice.

A medida de salário por desempenho usada pelo ranking da Bloomberg é calculada usando um salário de um executivo como porcentagem do lucro econômico de uma empresa, que é definido como o lucro operacional líquido depois de impostos menos seu custo de capital. O salário de Cook equivale a 0,2 por cento do lucro econômico, a menor fração entre os CEO no ranking, o que mostra que os investidores estão obtendo um melhor retorno por cada dólar que pagam a Cook.

A Apple deu a Cook US$ 9,2 milhões no ano passado, divididos em um salário de US$ 1,8 milhão, um bônus de US$ 6,7 milhões e US$ 699.133 para segurança, segundo um resumo de remunerações do relatório administrativo da empresa apresentado em janeiro. O montante não inclui 80.000 unidades de ações restritas outorgadas a ele em agosto de 2011 com o objetivo de compensá-lo por 2014. Depois de um desdobramento de ações em sete vezes realizado em junho, as 560.000 ações restritas de Cook foram avaliadas em US$ 56 milhões no fim do ano fiscal da empresa em setembro.

O Bloomberg Pay Index acompanha os cem executivos mais bem pagos, independentemente do cargo, que aparecem nos fatos relevantes das empresas que operam nas bolsas dos EUA. O pacote salarial de cada executivo é atualizado todos os dias úteis porque as flutuações nos preços das ações mudam o valor dos seus prêmios em ações.

Satya Nadella, que se tornou CEO da Microsoft Corp. em fevereiro de 2014, é o segundo colocado na lista de melhores acordos para os investidores. Os US$ 43,5 milhões que a maior fabricante de software do mundo lhe pagou no ano passado equivalem a 0,4 por cento do seu lucro econômico, de US$ 12,1 bilhões.

Tony Imperati, porta-voz da Microsoft, contesta a avaliação da Bloomberg. A fabricante de computadores considera uma concessão de US$ 13,5 milhões em ações outorgada uma única vez a Nadella para retê-lo na empresa como um prêmio que deveria ser anualizado. O índice não torna as bonificações de contratação ou retenção anuais porque elas não fazem parte dos planos regulares de remuneração por desempenho das empresas.

Rex Tillerson da Exxon Mobil Corp. é o terceiro melhor acordo para os investidores e Muhtar Kent, da Coca-Cola Co., é o quarto colocado. O salário de US$ 32,3 milhões de Tillerson equivale a 0,7 por cento da média do lucro econômico de três anos da sua empresa, de US$ 4,8 bilhões.

As práticas salariais da Coca-Cola se tornaram alvo de uma campanha dos investidores que gerou comentários de Warren Buffett em abril do ano passado. A empresa colocou em prática novas diretrizes para emitir ações para executivos em outubro, algo que o terceiro homem mais rico do mundo depois elogiou. A fabricante de refrigerantes outorgou ao CEO Kent US$ 33,8 milhões em 2014, ou 1,2 por cento do seu lucro econômico, de US$ 2,8 bilhões.

Trinta e seis CEOs do ranking chefiam empresas que tiveram uma média de lucros de três anos negativa, o que significa que suas empresas não estão gerando lucro suficiente para cobrir seu custo de capital.

Fonte: economia.uol.com.br

Para página da categoria

Loading...