Receba atualizações de notícias ao minuto sobre os temas mais quentes com a NewsHub. Instale já.

Ministro chileno irá a Londres reivindicar moai da Ilha de Páscoa

29 de Outubro de 2018 22:26
45 0

O ministro de Bens Nacionais do Chile, Felipe Ward, chegará a Londres dia 15 de novembro para liderar uma delegação que se reunirá com autoridades do British Museum para solicitar a repatriação do moai Hoa Hakananai'a à Ilha de Páscoa.

"Sabemos a importância que este moai tem para a ilha, e por isso viajaremos a Londres para nos reunir com as autoridades do museu", disse o ministro Ward. Ele ressaltou, contudo, que esta negociação se trata de uma iniciativa "de longo prazo".

Esta é a primeira vez que representantes do povo rapa nui -os habitantes da Ilha de Páscoa- se reunirão com as autoridades do British Museum, que abriga esta peça única de 2,4 metros de altura talhada em rocha basáltica e que nas suas costas tem figuras associadas ao culto Tangata Manu (homem pássaro).

A escultura foi subtraída de maneira ilegal em 1868 de Orongo, uma aldeia cerimonial de Rapa Nui pelo navio inglês "Topaze", a cargo do comandante Richard Powell, que o deu à rainha Victoria.

Para as comunidades indígenas o Hoa Hakananai'a representa uma espécie de vigilante ou protetor espiritual da ilha.

Das mais de 900 esculturas talhadas na ilha a cerca de 3.500 km do território chileno aproximadamente entre o século VI e XVII, o Hoa Hakananai'a, que significa "o amigo roubado o escondido", é uma das poucas que não está talhada em rocha volcânica.

Junto com o ministro Ward, viajarão também a Londres Carlos Edmunds, presidente do Conselho de Anciãos, e os membros da Comissão de Desenvolvimento da Ilha de Páscoa Anakena Manutomatoma, Irene Haoa, Zoilo Huke, Jose Rapu e Poky Tane Haoa.

Fonte: anoticia.clicrbs.com.br

Partilhe nas redes sociais:

Comentários - 0