Receba atualizações de notícias ao minuto sobre os temas mais quentes com a NewsHub. Instale já.

Na loja de fogos, até trabalhador de pet shop compra rojão

31 de Dezembro de 2018 17:48
115 0
Na loja de fogos, até trabalhador de pet shop compra rojão

Debate em torno da proteção aos animais, no período de festas, tem aumentado, mas tradição de soltar fogos e rojões ainda é mais forte

No local, os preços variam de R$ 15, dos modelos mais simples, até R$ 3 mil, preço dos artefatos mais elaborados, que demoram até 5 minutos e apresentam modelos e cores diversas na hora que explodem.

“A minha vida toda tive cachorros e gatos. Para proteger coloco dentro do quarto. Tem que ter um cuidado especial com eles. Você não pode passar o seu medo para o cachorro. Eles brincam enquanto está acontecendo a festa, e na hora dos fogos vão para o quarto”, declara Irena.

O público dos fogos e rojões garante proteger os animais de casa, mas não deixa de soltar os fogos. Josilaine Mária Lemos, 62, só compra os coloridos, e não vai soltar em casa, e sim no CTG (Centro de Tradições Gaúchas). “Isso [não soltar em casa] é um consenso de quem está querendo fogos”, explicou. Ela afirma que sempre “solta fogos”. “Quando estou em casa e os fogos são perto de casa, sempre tem alguém junto com ele”, relata ela, que tem um cachorro da raça Dog Alemão.

Fonte: campograndenews.com.br

Partilhe nas redes sociais:

Comentários - 0