Receba atualizações de notícias ao minuto sobre os temas mais quentes com a NewsHub. Instale já.

Naufrágio no Maracanã: Cruzeiro faz 2 a 0 e deixa Fla em situação delicadíssima na Libertadores

9 de Agosto de 2018 03:55
11 0
Naufrágio  no Maracanã: Cruzeiro faz 2 a 0 e deixa Fla em situação delicadíssima na Libertadores

Foi um como um nocaute para a torcida do Flamengo. Jogando no Maracanã, o rubro-negro precisava abrir boa vantagem no primeiro jogo contra o Cruzeiro, pelas oitavas de final da Libertadores. Deu tudo errado. O time jogou muito mal, sentiu a falta de Paquetá (suspenso) e perdeu por 2 a 0. Agora precisará de um milagre no Mineirão, dia 29 de agosto, para continuar sonhando com o título continental.

Os mais de 40 mil rubro-negros que lotaram o Maracanã viveram momentos de pânico nos primeiros 20 minutos de jogo. Nervoso, disperso em campo e desarrumado defensivamente, o rubro-negro foi totalmente envolvido pelo Cruzeiro, que parecia jogar no Mineirão.

E o gol saiu aos 10 minutos. Robinho deu passe espetacular para Arrascaeta. O uruguaio, totalmente livre (Rodinei dava condição), deslocou Diego Alves. Jogando com a bola no chão, o Cruzeiro mandava no jogo, diante de um Flamengo apavorado. Aos 19, a casa só não caiu de vez porque Thiago Neves perdeu um gol inacreditável. Arrascaeta lançou Robinho que deixou Thiago Neves livre para marcar. Com o gol aberto, o camisa 10 conseguiu cabecear no travessão.

Foi só então que o Flamengo começou a jogar. Na base da disposição, foi imprensando o Cruzeiro em seu campo e criou boas chances para empatar. O que só não aconteceu porque o goleiro Fábio aparaceu muito bem em pelo três ocasiões, duas delas no fim da etapa inicial, quando defendeu duas conclusões de Rodinei.

Apesar de Marlos Moreno ter tido atuação apagadíssima na etapa inicial, Maurício Barbieri não mexeu no Flamengo no intervalo. E o rubro-negro veio com tudo para cima do Cruzeiro. Aos três, Rodinei fez ótima jogada e cruzou para Uribe cabecear e Fábio espalmar para escanteio.

Vendo seu time ser pressionado, Mano Menezes trocou Barcos pelo veloz Raniel. Barbieri respondeu com Vitinho na vaga de Jean Lucas. Depois Marlos saiu para Lincoln entrar. Nada aconteceu. O Cruzeiro continuou recuado, controlando o Flamengo. E aos 32, Thiago Neves, com oportunismo aumentou para 2 a 0. A festa foi toda azul no Maracanã. Do outro lado, vaias, muitas vaias.

Leia também: Corinthians vence e está nas semifinais classifica

Fonte: jb.com.br

Partilhe nas redes sociais:

Comentários - 0