Receba atualizações de notícias ao minuto sobre os temas mais quentes com a NewsHub. Instale já.

Nevasca histórica no Chile precede onda de frio e neve no Estado

15 de Julho de 2017 15:48
15 0
Nevasca histórica no Chile precede onda de frio e neve no Estado

Segundo a Metsul, fenômeno pode acontecer na madrugada de segunda-feira

Uma forte massa de ar polar, que deve chegar ainda neste domingo no Estado, provoca uma nevasca histórica no Chile. Em Santiago, cai neve em toda a cidade, o que, segundo a Metsul Meteorologia, é incomum. Desde 1971 a capital chilena não via tanta neve.

Entre os estragos provocados pela nevasca está a queda do telhado do Corpo de Bombeiros de Santiago. O peso foi tanto que a estrutura não aguentou e acabou caindo.

Incomum em Santiago, a neve foi motivo de alegria para a população. Nas redes sociais, vídeos são postados em grande número. O abaixo mostra neve caindo pela primeira vez em quase 40 anos na área central de Santiago.

Parte da Argentina também sofre os efeitos da forte nevasca. Ainda na sexta-feira (14), o órgão que controla a aviação no País emitiu comunicado sobre o fechamento dos aeroportos de Bariloche, Chapelco e Ushuaia. Os dois primeiros, entretanto, não têm alternativas para os viajantes. A orientação é que quem tem voos programados para algum deles entre em contato com a companhia aérea.

Segundo a Metsul, as chances de neve na Serra gaúcha e nos Aparados da Serra é "muito alta". Também há previsão de neve para Santa Catarina. A combinação de instabilidade e ar muito gelado em altitude favorece a formação do fenômeno. "Isoladamente, em outras regiões, pode ocorrer chuva congelada."

Os pontos mais altos do Rio Grande do Sul, assim como em outros Estados brasileiros, também podem ter a chamada "geada negra". Segundo a Metsul, vento e ar muito gelado combinados ao tempo aberto durante as madrugadas de terça e quarta-feira podem provocar o fenômeno de forma generalizada no Estado. "Se espera geada em quase toda a área da Grande Porto Alegre. Ainda deve gear na segunda metade da semana que vem no Sul do Brasil, mas a cada dia vai diminuir o número de pontos com o fenômeno", destaca a Metsul.

Leia também: John Heard, de 'Esqueceram de mim', morre aos 72 anos

Fonte: diariodecanoas.com.br

Partilhe nas redes sociais:

Comentários - 0