Receba atualizações de notícias ao minuto sobre os temas mais quentes com a NewsHub. Instale já.

No feriado, prefeito reúne secretariado para discutir como anda administração

2 de Novembro de 2018 15:39
61 0
No feriado, prefeito reúne secretariado para discutir como anda administração

O prefeito de Campo Grande, Marquinhos Trad (PSD), chamou o secretariado para discutir o cumprimento de metas em 1 ano e 8 meses da atual administração. O encontro começou por volta das 8 horas desta sexta-feira (dia 2) e deve terminar no fim do dia.

Uma das primeiras pastas em discussão foi a secretaria de Educação do município. A equipe, liderada pela secretária Elza Fernandes Ortelhado, apontou o que foi cumprido até agora e o que ainda precisa ser executado. Tais metas são as promessas feitas pelo atual prefeito durante a campanha.

Segundo o chefe do Executivo municipal, nesta pasta, tudo que foi listado no plano foi cumprido ou está em andamento. É o exemplo da eleição direta para diretor e diretor-adjunto das escolas municipais, cuja votação será em novembro. No Diogrande (Diário Oficial de Campo Grande) de quinta-feira (dia 1º), estão listados os candidatos do pleito e também os membros das comissões eleitorais.

Marquinhos cita, ainda, a diminuição do déficit de vagas nos Ceinfs (Centro de Educação Infantil), que, em março de 2017, era de 14.986 e, desde que assumiu, 6.107 foram criadas.

Apesar de este ano os uniformes escolares não terem chegado todos no primeiro dia de aula, a promessa é que em 2019, tanto as roupas, quanto os kits, sejam entregues em dia.

De acordo com o prefeito, os uniformes estavam no estoque desde o começo do ano, porém, há dificuldade em entregar todas as peças nas 99 escolas e 101 Ceinfs. Merenda escolar também está com a licitação em andamento.

Ainda na educação, a promessa de campanha foi “reforma de escolas de campo”. Na Escola Municipal Rio Branco, foram construídas duas salas destinadas a atender crianças da educação infantil em sistema integral.

Fonte: campograndenews.com.br

Partilhe nas redes sociais:

Comentários - 0