Receba atualizações de notícias ao minuto sobre os temas mais quentes com a NewsHub. Instale já.

Otavio Frias Filho deixou 'profundas marcas' na imprensa brasileira, diz ANJ

21 de Agosto de 2018 14:15
49 0

Em nota, a Associação Nacional de Jornais (ANJ) lamentou a morte, nesta terça-feira, 21, do jornalista Otavio Frias Filho, diretor de Redação do jornal Folha de S.Paulo. A entidade lembrou que Frias foi responsável por deixar "profundas marcas na história da imprensa brasileira". "O papel fundamental do jornalismo na democracia, sobretudo em um País como o nosso, onde a tentação do autoritarismo está sempre tão presente, marcou o pensamento e a ação de Otávio Frias Filho. Ele sonhava com um País moderno, justo e civilizado, e enxergava no jornalismo sério e responsável uma ferramenta indispensável para a construção desse sonho", afirmou a entidade.

O presidente da República, Michel Temer, lamentou a morte "prematura" do jornalista e escreveu nas redes sociais que, sob a direção de Otavio, "a Folha tornou-se palco dos grandes debates intelectuais do país, com pluralismo e diversidade de opiniões".

O governador de São Paulo, Marcio França (PSB), disse, em nota, que Frias deixa seu nome gravado na história da imprensa e comentou que, sob sua influência, a Folha se tornou um dos mais influentes diários do Hemisfério Sul. "O arrojo e o brilho intelectual marcaram a atuação profissional de Otavio Frias Filho. São Paulo e o Brasil estavam no centro de suas preocupações."

A Prefeitura de São Paulo, também em nota, se solidarizou com a família e amigos do jornalista. O texto destaca que Frias foi um dos responsáveis pela modernização do jornalismo nacional a partir dos 1980. "À frente do jornal, formou gerações de jornalistas e comunicadores. Otavio Frias Filho era um paulistano. Prestou grande serviço a São Paulo."

A Ordem dos Advogados do Brasil destacou o fato de Otavio ter dado espaço ao contraditório e ao debate de ideias divergentes. A entidade destacou também a importância da visão crítica sobre fatos relevantes do Brasil e do mundo. "Sem uma imprensa ativa e crítica, a democracia jamais poderá existir em sua plenitude. Lembraremos sempre da dedicação e empenho de Otavio Frias Filho ao jornalismo e à democracia por meio das páginas, impressas e virtuais, da Folha de S.Paulo."

Fonte: jb.com.br

Partilhe nas redes sociais:

Comentários - 0