Receba atualizações de notícias ao minuto sobre os temas mais quentes com a NewsHub. Instale já.

Pais enfrentam filas para rematrícula de alunos em escola de Joinville

23 de Outubro de 2018 15:53
29 0
Pais enfrentam filas para rematrícula de alunos em escola de Joinville

Familiares chegaram em frente a unidade escolar ainda na noite de segunda (22) para ser atendido na terça de manhã

Pais de alunos matriculados em escola da zona Leste compartilharam vídeos nas redes sociais falando da dificuldade para garantir a vaga em Joinville. Na escola municipal professora Laura de Andrade, no Jardim Iririú, na zona Leste, familiares dos estudantes chegaram em frente a unidade escolar ainda na noite de segunda (22) para ser atendido na terça-feira pela manhã (23).

Os pais afirmam que a demanda no local é grande para a quantidade de vagas. A escola possui 998 alunos matriculados em 30 turmas do 1º ao 9º ano do Ensino Fundamental. O período de rematrícula começou na última terça (16) e continua até esta sexta (26). Segundo a Direção da escola, pela quantidade de alunos por série foi necessário remanejar turmas, algumas para o período matutino e outras o vespertino e, assim, oferecer opção à todos os estudantes.

A direção ainda informou que a fila nesta manhã foi pontual e que as vagas, por turno, são preenchidas por ordem de chegada. A diretoria garantiu que nenhum aluno ficará sem vaga no ano letivo de 2019.

A Secretaria de Educação informou, por meio de nota, que aconteceu na escola a manutenção das turmas de acordo com a demanda da comunidade. As alterações foram feitas após discussão com o conselho escolar, gestão escolar e a Associação de Pais e Professores (APP) e garantiu que todas as vagas dos alunos já matriculados estão garantidas para 2019.

Na nota, a secretaria ainda informou que os remanejamentos são feitos conforme as necessidades de cada unidade. Os pais têm até sexta-feira para realizar a rematrícula, já a inscrição para novos estudantes começam em 3 de dezembro.

Fonte: anoticia.clicrbs.com.br

Partilhe nas redes sociais:

Comentários - 0