Receba atualizações de notícias ao minuto sobre os temas mais quentes com a NewsHub. Instale já.

Perto da volta, Carille superou sucessores e "salvou" Corinthians de queda

27 de Novembro de 2018 16:10
73 0
Perto da volta, Carille superou sucessores e "salvou" Corinthians de queda

Mesmo com apenas seis partidas à frente do Corinthians no Brasileiro, Carille foi fundamental para a permanência do time alvinegro na Série A de 2019. Com ele no comando da equipe, os corintianos conquistaram 11 dos 44 pontos somados nas 37 rodadas da competição.

O aproveitamento de Carille, de 61%, é, portanto, quase o dobro do registrado pela dupla Osmar Loss e Jair Ventura. Com os dois, o Corinthians somou 33 pontos em 31 jogos (foram 93 pontos em disputa). O desempenho de 35% deixaria hoje o time na 17ª posição, a primeira da zona de rebaixamento - o América-MG ocupa tal posição, com 40 pontos e aproveitamento de 36%.

Na comparação entre Loss e Jair, o ex-auxiliar de Carille leva a melhor. Ele comandou o Corinthians em 17 jogos e conquistou 19 dos 51 pontos possíveis, com aproveitamento de 37%. O atual técnico corintiano, por sua vez, garantiu 33% dos pontos: foram 14 em 42 disputados.

Vale ressaltar que três jogadores deixaram o Corinthians nos meses seguintes à saída de Carille: o zagueiro Balbuena, o volante Maycon e o meia Rodriguinho. A diretoria corintiana, dessa forma, foi ao mercado para tentar repor as perdas. O clube contratou nomes como o volante Douglas, o meia chileno Angelo Araos e o atacante paraguaio Sergio Díaz, além do centroavante Jonathas.

O Corinthians vive a expectativa do retorno de Carille há uma semana. A diretoria corintiana acertou com o técnico e agora aguarda a rescisão de contrato dele com o Al-Wehda, time da Arábia Saudita. O clube está otimista por um desfecho favorável e não demonstra pressa em fechar o negócio antes do fim de semana que vem.

Para tirar Carille do Al-Wehda, clube que contratou o treinador em maio passado após uma proposta milionária, o Corinthians terá de pagar uma multa de 700 mil dólares (R$ 2,7 milhões). Além disso, o clube está disposto a aumentar o salário pago a Carille na primeira passagem - a quantia chegava a R$ 300 mil.

O time corintiano se despede do Brasileirão contra o Grêmio, em Porto Alegre, no próximo domingo. De acordo com o diretor de futebol do clube, Duílio Monteiro Alves, Jair Ventura comanda a equipe alvinegra na partida.

O dirigente, porém, não confirmou o nome dele na temporada 2019. "Se houver alguma mudança, a gente vai ver posteriormente a isso. Por enquanto não tem nada previsto", disse Duílio, após o empate sem gol com a Chapecoense.

Fonte: esporte.uol.com.br

Partilhe nas redes sociais:

Comentários - 0