Receba atualizações de notícias ao minuto sobre os temas mais quentes com a NewsHub. Instale já.

Pesquisa do Procon aponta cesta básica mais barata neste mês em Joinville

13 de Novembro de 2018 13:23
79 0
Pesquisa do Procon aponta cesta básica mais barata neste mês em Joinville

Pesquisa do Procon em oito estabelecimentos demonstrou diminuição de 1,38% no valor, em comparação ao mês passado

O Procon de Joinville divulgou nova pesquisa de preço dos itens da cesta básica e do churrasco nos estabelecimentos da cidade. O levantamento demonstrou que na cesta básica houve uma redução de 1,38%, assim como nos itens para churrasco em que foi registrada queda churrasco de 1,60%. A pesquisa foi realizada entre os dias 7 e 8 de novembro, em oito supermercados de vários bairros da cidade.

O levantamento completo está à disposição da população na sede do Procon, situada na rua Saguaçu, número 265, no bairro Saguaçu ou no site da Prefeitura de Joinville, clicando aqui.

No início do mês passado o preço médio da cesta era R$ 239,35 e agora R$ caiu para R$ 236,04 (-1,38%). Para compor a cesta básica foram pesquisados 45 itens de alimentos industrializados, carnes e frios, horta, pomar e granja, higiene pessoal e limpeza doméstica.

O preço mais alto apurado foi de R$ 282,67 e o mais baixo R$ 191,02. O preço médio ficou em R$ 236,04. Ao compor uma cesta com os menores preços o Procon chegou ao valor de R$ 171,69. Diante da variação de preços, o Procon recomenda a realização de pesquisas antes de adquirir qualquer produto ou serviço.

— A pesquisa é uma forte arma na prática de preços mais baixos pela concorrência — enfatiza o gerente do Procon, Kleber Degracia.

Os produtos com maior aumento de preços foram a cebola (81,49%), tomate (42,08%), batata lavada (37,76%) e creme dental (10,64%). Os que tiveram redução foram o leite longa-vida (-20,40%), desinfetante pinho (-15,95%), sabão em pó (-12,83%) e ovos vermelhos (-10,61%).

Na pesquisa do churrasco, foram considerados 18 itens nas carnes, carvão e sal grosso em sete estabelecimentos. Comparando com o levantamento do último mês pesquisado houve uma redução de 1,60%. Os preços que mais aumentaram foram a coxinha de asa (9,73%), sal grosso (9,34%), lombo (9,30%) e linguiça toscana (3,71%).

Baixaram de preço o filé duplo (-16,94), linguiça de frango (-10,61%), filé mignon (-8,67) e coração (-4,14%).

Fonte: anoticia.clicrbs.com.br

Partilhe nas redes sociais:

Comentários - 0