Receba atualizações de notícias ao minuto sobre os temas mais quentes com a NewsHub. Instale já.

Presidente da Turquia acusa Israel de terrorismo de Estado e genocídio

14 de Maio de 2018 21:11
62 0

O presidente da Turquia, Recep Tayyip Erdogan, acusou nesta segunda-feira (14) Israel de realizar "terrorismo de Estado" e "genocídio" depois que 55 palestinos morreram pelos disparos de soldados israelenses na fronteira com Gaza.

"Israel está gerando terrorismo de Estado. Israel é um estado terrorista", disse Erdogan aos estudantes turcos em Londres, em um discurso transmitido pela televisão estatal. "O que Israel tem feito é genocídio. Condeno este drama humanitário, o genocídio, venha de onde vier, de Israel ou dos Estados Unidos", acrescentou.

Em uma de suas declarações mais veementes contra Israel, Erdogan também anunciou três dias de luto nacional pelas mortes de palestinos nesta segunda-feira, assim como um grande protesto em Istambul na sexta-feira.

Milhares de pessoas haviam se manifestado na tarde desta segunda-feira no centro de Istambul para denunciar o dia mais violento em anos em Gaza, pela inauguração da embaixada dos Estados Unidos em Jerusalém, que a transferiu de Tel Aviv desafiando a indignação generalizada no mundo árabe.

A violência que deixou pelo menos 55 mortos por disparos do exército israelense na fronteira com a Faixa de Gaza despertou raiva e pedidos de calma da comunidade internacional.

Vários países, entre eles Reino Unido, França e Rússia reprovaram a abertura da embaixada americana em Jerusalém, cuja transferência foi rechaçada por 128 dos 193 países membros da ONU.

Fonte: anoticia.clicrbs.com.br

Partilhe nas redes sociais:

Comentários - 0