Receba atualizações de notícias ao minuto sobre os temas mais quentes com a NewsHub. Instale já.

Sem reciprocidade, PSB pode não apoiar Alckmin, diz vice-governador

8 de Agosto de 2017 08:15
19 0
Sem reciprocidade, PSB pode não apoiar Alckmin, diz vice-governador

O vice-governador de São Paulo, Márcio França, afirma que seu partido, o PSB, pode não apoiar Geraldo Alckmin em 2018 se o PSDB lançar candidato a governador, em vez de apoiar a sua reeleição.

França deve assumir o governo do Estado no ano que vem se Alckmin se candidatar. "O meu partido é claro que vai imaginar uma reciprocidade", disse. "Farei todo o esforço, mas cada partido tem autonomia."

Folha - O sr. é conhecido como articulador, mas não tem visibilidade como gestor. Se assumir o governo, como mostrará que tem capacidade para administrar o Estado?

O mesmo argumento não vale para Alckmin, envolvido na Operação Lava Jato?

O sr. entraria em disputa com um candidato do PSDB ao governo de São Paulo?

Se Doria for candidato a governador, o sr. continua candidato? Dizem que ele seria um nome unânime.

Mesmo no PSB, Jonas Donizette [prefeito de Campinas] gostaria de ser candidato a vice de Doria ao governo de SP.

Leia também: Venezuela: líder do parlamento diz que oposição não cederá a ultimato da Constituinte

Fonte: 1.folha.uol.com.br

Partilhe nas redes sociais:

Comentários - 0