Receba atualizações de notícias ao minuto sobre os temas mais quentes com a NewsHub. Instale já.

Tribunal de Tóquio decide manter prisão de Carlos Ghosn por dez dias, diz agência

21 de Novembro de 2018 14:36
60 0
Tribunal de Tóquio decide manter prisão de Carlos Ghosn por dez dias, diz agência

Executivo foi preso após investigação interna da Nissan apurar supostas fraudes

Um tribunal de Tóquio decidiu manter a prisão do presidente do conselho de administração da Nissan, Carlos Ghosn, e do diretor-representante Greg Kelly por 10 dias, disse a agência de notícias Kyodo News nesta quarta-feira (21).

Ghosn foi preso na segunda-feira depois que uma investigação interna da Nissan descobriu que ele havia supostamente cometido fraudes durante anos, incluindo o uso pessoal de dinheiro da empresa e a não declaração de ganhos.

Ghosn deve ser afastado da presidência do conselho da Nissan nesta quinta-feira. Acionistas da Renault, entre eles o Estado francês, discutem sua substituição por uma direção interina na presidência executiva da empresa.

As transações seriam feitas a partir de uma companhia estabelecida na Holanda, criada em 2010, que teria como objetivo oficial o financiamento de startups.

A descoberta teria ocorrido a partir de mecanismo de delações feitas em troca de redução de pena estabelecido no Japão em junho, afirma o jornal.

A Nissan disse que Ghosn ocultou sua renda do fisco durante anos, além de ter cometido outros ilícitos, como uso de bens da companhia para fins pessoais. A empresa afirma estar colaborando com as investigações.

Fonte: 1.folha.uol.com.br

Partilhe nas redes sociais:

Comentários - 0