Receba atualizações de notícias ao minuto sobre os temas mais quentes com a NewsHub. Instale já.

UE prolonga sanções contra russos e ucranianos por conflito

12 de Março de 2018 17:40
32 0

A União Europeia aprovou nesta segunda-feira (12) prolongar por mais seis meses as sanções impostas a autoridades russas e ucranianas por seu suposto envolvimento no conflito no leste da Ucrânia, anunciou o Conselho da UE.

As medidas, que "consistem no congelamento de bens e em restrições a viagens", "continuarão sendo aplicadas a 150 pessoas e 38 entidades" até 15 de setembro de 2018, indicou em nota a instituição que representa os 28 países do bloco.

Os europeus adotaram pela primeira vez essas sanções contra pessoas - entre elas, algumas próximas do presidente russo Vladimir Putin - em março de 2014. Para a UE, suas ações minavam ou ameaçavam a integridade territorial da Ucrânia.

"A avaliação da situação não justificou uma mudança no regime de sanções", acrescenta o Conselho da UE, especialmente quando no leste da Ucrânia um conflito entre separatistas pró-Rússia e forças ucranianas deixa mais de 10 mil mortos desde 2014.

O prolongamento das medidas, que será publicado no Diário Oficial da UE nesta terça, faz parte do pacote de sanções aprovado pelos europeus em resposta à crise da Ucrânia e, especialmente, após a anexação por Moscou, em março de 2014, da então península ucraniana da Crimeia.

Em dezembro, o bloco esticou por mais seis meses as sanções impostas a setores estratégicos, de defesa e bancos russos pela primeira vez em 31 de julho de 2014, após a derrubada de um avião da Malaysia Airlines no leste da Ucrânia.

Fonte: anoticia.clicrbs.com.br

Partilhe nas redes sociais:

Comentários - 0