Receba atualizações de notícias ao minuto sobre os temas mais quentes com a NewsHub. Instale já.

Videográfico mostra as principais aspirações separatistas da Europa

12 de Setembro de 2017 17:22
13 0

A Europa é formada por Estados nacionais. Mas inclui nações que não possuem seu próprio Estado, onde forças políticas buscam a independência.

A Escócia rejeitou a independência em setembro de 2014, com o voto de 55% da população.

Mas um novo referendo pode ser realizado após as negociações do Brexit.

Na Espanha, é na região mais rica do país, a Catalunha, que o movimento pela independência é mais forte .

Os separatistas conquistaram a maioria no parlamento regional em setembro de 2015.

Em outubro de 2017 a Catalunha deve realizar um novo referendo apesar da oposição de Madri.

O resultado será acompanhado de perto pelos separatistas bascos, que também querem independência.

O partido luta pela independência da Padânia, que inclui as regiões prósperas e industriais de Lombardia e Vêneto.

A Córsega é a única região da França que conta com um status especial, que lhe confere uma certa autonomia.

Mas os nacionalistas, que venceram as eleições regionais em dezembro de 2015, querem a independência total.

No Pacífico Sul, o arquipélago francês de Nova Caledônia deve realizar até novembro de 2018 um referendo de independência.

Na Bélgica, os separatistas flamengos consideram que sua rica região de Flandres subsidia a Valônia francófona . Eles querem a substituição do Estado federal belga por uma confederação, um primeiro passo para a independência.

A descoberta de reservas de petróleo e gás natural inflamou o nacionalismo nas Ilhas Faroe.

Este território, formado por 18 ilhas, é uma região autônoma da Dinamarca.

O arquipélago deve organizar um referendo sobre um nova constituição em abril de 2018.

Nenhum território da União Europeia foi reconhecido como Estado independente.

Fonte: otempo.com.br

Partilhe nas redes sociais:

Comentários - 0